157 Ao ocaso

Adiante se encontram únicas e agraciadas
levam e devolvem lágrimas salgadas
Não há alegria maior sentida
se iluminado à luz em sentir profundo
Um final de tarde ao ocaso
a intensidade branda do astro rei
Nuvens saíram a passeio pela tarde
para gracejas com as ondas
Por sobre as areias e debaixo do mesmo céu